Buscar

Os 5 aspectos de um bom drink para uma criação excelente


Um drink é um conjunto de sabores e texturas que, combinadas, geram um novo elemento. E esse é o segredo principal de um bom drink: a unidade, a coesão entre os ingredientes. Neste caso, toda bebida é analisada em 4 aspectos: aroma, sabor, textura e final.

1. Aroma: assim como os apreciadores de vinhos conseguem identificar notas dos mais variados ingredientes em um vinho por seu buquê, com um cocktail sentimos o cheiro formado pela fruta do suco utilizado e as notas de envelhecimento do destilado usado como base espiritual. Então, quando você estiver criando uma receita, pense em como os ingredientes que pretende usar se relacionam e sinta se formam um bom aroma.

2. Sabor: um drink deve ter o gosto do conjunto de seus ingredientes, cujos sabores serão realçados por partes diferentes da língua. Ao entrar em contato a boca e ser aquecido por nossa temperatura corporal, o destilado tende a ativar o álcool e revelar suas notas de envelhecimento enquanto os líquidos adoçantes e ervas dão amplitude ao sabor, estimulando diferentes regiões sensoriais da língua.

3. Textura: aqui estamos falando da experiência tátil que um drink proporciona à boca. Bebidas gaseificadas causam borbulhamento, os sucos cítricos causam uma sensação de refrescância, enquanto os destilados sensibilizam sua língua com o álcool para perceber melhor todas essas sensações.

4. Final: é o sabor que fica na boca após o gole. Por causa deste aspecto, algum dia talvez você se arrependa de não ter usado uma fruta fresca. É no final do gole que se percebe de forma mais clara a harmonia entre os componentes de um drink e também a consistência do sabor: quanto mais harmonizado, mais tempo ficará uniformemente na boca após o gole.

5. Visual: considero o aspecto visual um fator importante do drink. Não é à toa que martinis são muito mais elegantes que qualquer outra categoria de drinks, pois são servidos em uma taça de formas elegantes normalmente guarnecidos por mini obras de arte. Então tenha sempre em mente que um drink começa a ser consumido muito antes do primeiro gole: seu aspecto visual já nos aguça os sentidos. Sacou agora porque não se serve um cocktail em copo descartável?

Agora é com vocês. Soltem a imaginação. Experimentem, combinem ingredientes e usem sua memória sensorial para ajudar na criação de novos sabores.